16 abril 2011

Vênus Project - Participe do seu futuro




Get Flash to see this player.




William Gazecki produziu este documentário sobre a vida e a obra do designer industrial, inventor, engenheiro social e futurista Jacque Fresco. Suas experiências abrangem a área aeroespacial, automotiva, arquitetônica, psicológica, dentre outras. Sua obra é mais prática do que teórica. Fundou o “Venus Project” na Flórida, cujo objetivo é buscar soluções para os graves problemas de nossa época através da aproximação da tecnologia com a sociedade.



Sabemos que os recursos do planeta são limitados e ao mesmo tempo tudo o que temos. Fresco faz pesada oposição ao “sistema de escassez” que predomina nos dias de hoje, onde quanto mais rara for determinada matéria-prima, maior será o seu valor para a economia. Este processo parece seguir direção oposta à da nossa sobrevivência na Terra. Como será quando o que acontece hoje com o petróleo, amanhã passar a acontecer com a água potável? Será que os interesses coletivos sobre estes recursos vão superar os interesses econômicos de alguns de seus poucos detentores?


Através de maquetes e modelos em escala, Jacque Fresco prototipa um novo mundo onde questões críticas hoje já estarão resolvidas pelo homem e sua capacidade racional. Seu futuro é um lugar extremamente automatizado que busca a máxima eficiência no aproveitamento de matérias-primas e energia. Fresco não se considera um tecnocrata. A tecnologia não criará um ambiente opressor à auto-expressão e liberdade de seus habitantes. Muito pelo contrário, uma vez livres das atividades mais mecânicas e burocráticas, os humanos se dedicarão cada vez mais ao aprimoramento das suas habilidades e vocações.

As visões de Jacque Fresco não estão tão distantes assim da nossa própria capacidade de intervir na realidade. Podemos aplicar um pouco do seu pensamento no nosso dia-a-dia. Melhorar nossos hábitos de consumo, rejeitando tudo aquilo que incentive o desperdício de quaisquer recursos naturais e optando por produtos úteis, com longo ciclo de vida, é uma forma de lutar contra o indesejável ciclo de escassez.


Com pés mais no chão, temos que entender o teor conceitual do trabalho de Fresco. Ele mesmo comenta que existe certa dose de exagero em suas maquetes e qualquer pequena variação, a qualquer momento, mudará todo o rumo das coisas. Talvez o que mais nos sirva neste documentário é o exemplo de determinação, idealismo e otimismo presente no ato de projetar de Jacque e que deve nos inspirar a sempre buscar algo que pode ser melhor para todos.


Artigo de Rafael Gatti, extraido de Falando de Design.
Postar um comentário