28 dezembro 2009

O Brasil é melhor país do mundo para ser designer


Com essa adoração infinita ao estilo de vida americano e ao seu design, esquecemos de olhar e conhecer outros países com propostas muito mais ricas e inovadoras como India, China.

Países que já estão causando profundos impactos na maneira de como produzir design em escala industrial, mas principalmente, entender e perceber o design.

Já existe um impacto na industria mundial em determinados setores como roupas, calçados, maquinaria e ferramentas; impactos que estão destruindo a já fraca industria brasileira.

Como designers temos o grande privilegio de morar no Brasil, onde há infinitas e incríveis necessidades - possibilidades de projeto; oportunidades já percebida pelos designers americanos e europeus, que obrigatoriamente tem que viajar a paises distantes como Africa, India para desenvolver projetos de design humanitário. 

Aqui o único que temos que fazer e´sair a rua e ver nosso entorno imediato, sempre com um bloco na mão anotando, desenhando, observando; e assim ao longo do dia vários possíveis projetos reais podem surgir.

Enquanto um pais como America, e´ um mercado saturado de propostas, o Brasil está no outro extremo, um mercado  cheio de debilidades / oportunidades que um design inteligente e bem realizado, pode facilmente ocupar.

Finalmente começa-se a perceber que o design vai muito mais além de apenas um estilo de vida, ou tribu urbana descolada, mas e´uma ferramenta de mudança e consciência forte, permitindo uma vida mais digna e decente para todos, e acredito que o "design de qualidade" em todos os ambitos da vida cotidiana  deveria ser um direito basico como educação, escola e saúde.

Um país sem educação, ciência, tecnologia, engenharia e design e´um pais ja´sem futuro,  se comparados a China nos já perdemos a corrida faz muito tempo, pois estamos em um grupo de jogadores com grande ambição, visão, como India e China.

Precisamos de trilhões de dolares para isso? Não, mas apenas bom senso, criatividade, inovação, estrategia; e um designer no ainda não criado Ministério da Inovação.

Postar um comentário